Porque investir em uma Loja Virtual?
Quais são os benefícios oferecidos por esse canal de vendas?
Primeiro pergunte-se:

A minha equipe está preparada para absorver essa demanda?

A situação tributária da minha empresa me dá margem para competir na internet?

A ideia de vender produtos pela internet se iniciou no Brasil em 1996 pela Brasoftware. Desde então, o E-commerce vem crescendo de maneira exponencial, e em 2018 recebemos a seguinte notícia:

...o comércio eletrônico se destaca novamente no mercado brasileiro ao atingir um patamar de aumento no primeiro semestre de 2018 alinhado com as previsões da Ebit, registrando 12,1% de crescimento nominal no período, atingindo um faturamento de R$ 23,6 bilhões.

E-bit - Webshoopers 38º Edição - Pag. 11 § 4

Dados como esse chamam a atenção de qualquer comerciante, pois ele aponta para uma realidade inegável - O E-commerce é a evolução do varejo, e quem não se adaptar, está fora do mercado.

Existem várias maneiras de praticar E-commerce, e criar sua própria loja virtual é a opção com melhor custo/benefício considerando o ROI a médio ou longo prazo.

Contudo, muita coisa precisa ser analisada: Logística, escolha do servidor, estruturação da equipe, estratégia de SEO e Marketing, mix de produtos, gateways de pagamento, etc...- mas não se preocupe. Nós vamos ajuda-lo com tudo isso.

Primeiro pergunte-se:

A minha equipe está preparada para absorver essa demanda?

A situação tributária da minha empresa me dá margem para competir na internet?

A ideia de vender produtos pela internet se iniciou no Brasil em 1996 pela Brasoftware. Desde então, o E-commerce vem crescendo de maneira exponencial, e em 2018 recebemos a seguinte notícia:

...o comércio eletrônico se destaca novamente no mercado brasileiro ao atingir um patamar de aumento no primeiro semestre de 2018 alinhado com as previsões da Ebit, registrando 12,1% de crescimento nominal no período, atingindo um faturamento de R$ 23,6 bilhões.

E-bit - Webshoopers 38º Edição - Pag. 11 § 4

Dados como esse chamam a atenção de qualquer comerciante, pois ele aponta para uma realidade inegável - O E-commerce é a evolução do varejo, e quem não se adaptar, está fora do mercado.

Existem várias maneiras de praticar E-commerce, e criar sua própria loja virtual é a opção com melhor custo/benefício considerando o ROI a médio ou longo prazo.

Contudo, muita coisa precisa ser analisada: Logística, escolha do servidor, estruturação da equipe, estratégia de SEO e Marketing, mix de produtos, gateways de pagamento, etc...- mas não se preocupe. Nós vamos ajuda-lo com tudo isso.

E-commerce: Um novo departamento na sua empresa.
Estruturação

Preparando para absorver a nova demanda.

Abrir um novo canal de vendas significa aumentar a demanda, nesse caso, o primeiro passo é preparar a equipe para absorve-la.

Mantenha o novo deparamento apenas com as rotinas específicas de E-commerce e distribua o restante entre os demais departamentos da sua empresa.

As principais rotinas de um E-commerce são: Cadastro e manutenção de produtos e categorias de produtos, manutenção da loja virtual, atendimento e suporte, análise e gestão de pedidos, análise de resultados e SEO da loja virtual.

As rotinas relacionadas ao financeiro, administrativo e estoque serão as mesmas de um processo de venda comum, portanto esses departamentos devem absorver e processar a nova demanda com naturalidade.

Você precisará de colaboradores com aptidões específicas para o novo departamento, e com o aumento da demanda é provável que os outros setores também precisem de ajuda extra.

Para ajudar você, nós publicamos um E-book sobre estruturação de equipe onde apresentamos os principais dificultadores e as soluções encontradas por uma empresa em um cenário bem comum de E-commerce.

Baixe o E-book
Estruturação

Preparando para absorver a nova demanda.

Abrir um novo canal de vendas significa aumentar a demanda, nesse caso, o primeiro passo é preparar a equipe para absorve-la.

Mantenha o novo deparamento apenas com as rotinas específicas de E-commerce e distribua o restante entre os demais departamentos da sua empresa.

As principais rotinas de um E-commerce são: Cadastro e manutenção de produtos e categorias de produtos, manutenção da loja virtual, atendimento e suporte, análise e gestão de pedidos, análise de resultados e SEO da loja virtual.

As rotinas relacionadas ao financeiro, administrativo e estoque serão as mesmas de um processo de venda comum, portanto esses departamentos devem absorver e processar a nova demanda com naturalidade.

Você precisará de colaboradores com aptidões específicas para o novo departamento, e com o aumento da demanda é provável que os outros setores também precisem de ajuda extra.

Para ajudar você, nós publicamos um E-book sobre estruturação de equipe onde apresentamos os principais dificultadores e as soluções encontradas por uma empresa em um cenário bem comum de E-commerce.

Baixe o E-book
Automação: Menos custo e mais produtividade.
ERP Integrado

Automatizando as rotinas mais massantes.

As rotinas administrativas geradas por de um canal de vendas tão massivo podem inviabilizar a operação.

Imagine que a sua empresa, além de vender na loja física, possui uma Loja Virtual, anuncia em 4 Marketplaces e tudo isso com o mesmo estoque!

Manter esse estoque de produtos em sincronia, fazer a gestão de pedidos e atualizar o catálogo de produtos em todos esses canais de venda pode se tornar um processo moroso e improdutivo.

Automatizar algumas rotinas e sincronizar o estoque do seu ERP entre todos os esses canais é a melhor solução para o problema.

Emissão de PDV, baixas de pagamentos, estoque, cadastro de clientes e várias outras rotinas podem ser automatizadas via API ou Hub de Integrações.

Um ERP conectado aumenta a produtividade e reduz significativamente o custo por operação, portanto não fique receoso se precisar comprar um módulo integrador ou trocar de ERP. O esforço valerá a pena.

ERP Integrado

Automatizando as rotinas mais massantes.

As rotinas administrativas geradas por de um canal de vendas tão massivo podem inviabilizar a operação.

Imagine que a sua empresa, além de vender na loja física, possui uma Loja Virtual, anuncia em 4 Marketplaces e tudo isso com o mesmo estoque!

Manter esse estoque de produtos em sincronia, fazer a gestão de pedidos e atualizar o catálogo de produtos em todos esses canais de venda pode se tornar um processo moroso e improdutivo.

Automatizar algumas rotinas e sincronizar o estoque do seu ERP entre todos os esses canais é a melhor solução para o problema.

Emissão de PDV, baixas de pagamentos, estoque, cadastro de clientes e várias outras rotinas podem ser automatizadas via API ou Hub de Integrações.

Um ERP conectado aumenta a produtividade e reduz significativamente o custo por operação, portanto não fique receoso se precisar comprar um módulo integrador ou trocar de ERP. O esforço valerá a pena.

Marketing: Divulgando o seu novo canal de vendas.
SEO e Marketing

Garantindo visibilidade nos buscadores e outras mídias digitais

Todo canal de vendas precisa de publicidade e a sua Loja Virtual não é exceção.

Se queremos vender na internet, teremos mais chance de conversão se engajarmos as pessoas que já estão lá, portanto, invista pesado nas mídias digitais como: Google Ads e Social Mídia.

O termo SEO singifica "Search Enguine Optimization" e é uma técnica usada para informar os buscadores sobre o que fala determinada página, produto ou categoria.

Uma boa estratégia de SEO elimina a concorrência e garante um bom ranking nos buscadores, gerando tráfego orânico e consequentemente transações mais lucrativas.

Enviar códigos promocionais por e-mail aumenta as visistas e consequentemente a taxa de conversão. Configure a sua plataforma para presentear seus clientes em datas comemorativas ou após uma compra de determinado valor.

Conecte a sua loja virtual às Redes Sociais. Essa prática, além de movimentar suas Fan Pages, disponibiliza o seu catálogo de produtos para ser utilizado em anúncios no Facebook Business por exemplo.

SEO e Marketing

Garantindo visibilidade nos buscadores e outras mídias digitais

Todo canal de vendas precisa de publicidade e a sua Loja Virtual não é exceção.

Se queremos vender na internet, teremos mais chance de conversão se engajarmos as pessoas que já estão lá, portanto, invista pesado nas mídias digitais como: Google Ads e Social Mídia.

O termo SEO singifica "Search Enguine Optimization" e é uma técnica usada para informar os buscadores sobre o que fala determinada página, produto ou categoria.

Uma boa estratégia de SEO elimina a concorrência e garante um bom ranking nos buscadores, gerando tráfego orânico e consequentemente transações mais lucrativas.

Enviar códigos promocionais por e-mail aumenta as visistas e consequentemente a taxa de conversão. Configure a sua plataforma para presentear seus clientes em datas comemorativas ou após uma compra de determinado valor.

Conecte a sua loja virtual às Redes Sociais. Essa prática, além de movimentar suas Fan Pages, disponibiliza o seu catálogo de produtos para ser utilizado em anúncios no Facebook Business por exemplo.

Quer uma loja virtual? Deixe a gente surpreender você.

Fale com um de nossos especialistas.

Clique no botão abaixo, agende o seu horário e faça o seu cadastro.

Um especialista entrará em contato com você para uma apresentação da plataforma e seus recursos.


Me Surpreenda!